Agua demais também mata a planta

Sopravam as brisas da década de setenta. A cidade de Nova Friburgo, pitoresca, bucólica, com vocação turística, refúgio no verão para os moradores de Niterói ou Rio, foi onde meus queridos avós José Pacheco Bittencourt e Odete Monnerat escolheram viver a maior parte de suas vidas.

Eu estava sempre por perto e um dos passeios que mais gostava era quando íamos visitar os nossos parentes que moravam em fazendas situadas no município de Duas Barras, Floresta, Cantagalo, situados a cerca de 50 Km distante de Friburgo.

Já naquela época meus avós, em sua simplicidade, nos alertavam para o uso excessivo de medicamentos: “Cuidado, água demais também mata a planta”.

Os tempos passaram e hoje mais que nunca, vivendo em uma sociedade onde quase tudo é industrializado, relembro muitas vezes dos meus queridos avós.

Na verdade estamos tão expostos a produtos químicos que nem nos damos conta.

Logo cedo, ao acordar lavamos o rosto e tomamos banho com água que contém cloro e flúor. Escovamos os dentes com pastas que contém (composição da pasta de dentes mais vendida no Brasil): Fluoreto de Sódio (1450 ppm de Flúor), Triclosan 0,3%, Sílica Hidratada, Água, Glicerina, Sorbitol, Lauril Sulfato de Sódio, Copolímero PVM/MA, Aroma, Goma de Celulose, Propilenglicol, Hidróxido de Sódio, Carragema, Propilenglicol, Fluoreto de Sódio, Triclosan, Sacarina Sódica, Dióxido de Titânio, CI 77891.

Mas isto é fiscalizado pelo governo. Será que realmente nos faz mal? Vejamos:

Fluoreto de sódio – sal utilizado no combate as cáries, um produto tóxico se ingerido, provoca irritação cutânea e ocular, gastrite e em contato com ácidos libera gases muito tóxicos.

Triclosam - É um bacteriostático que em estudos recentes (2014) indicam que o pode induzir o câncer no fígado.

Benzonato de sódio - É um dos conservantes mais utilizados pela indústria em refrigerantes e alimentos onde recentemente descobriram que em combinação com o ácido ascórbico (Vitamina C), forma o benzeno, que é cancerígeno.

Lauril sulfato de sódio - É um conhecido detergente e surfactante que causa alergias e irritação na pele e olhos.

E o cloro? Você sabia que foi usado como arma química na Primeira Guerra?

Enfim...

Bom dia, você acabou de acordar.

Mas o que isto tem a ver com queijos e produtos lácteos? Tudo.

O leite é o principal alimento que oferecemos as nossas crianças, na esperança que as mantenham sadias e bem alimentadas. Mas você realmente parou para ler e pesquisar sobre o produto que a sua família está ingerindo?

Você sabia que o leite em caixas de alumínio, conhecido como leite longa vida ou UHT, possui peróxido de hifdrogênio (água oxigenada), soda cáustica, citrato de sódio em sua composição? E que em parte é feito de leite em pó reidratado?

E os queijos?

Você já se deu ao trabalho de pegar uma lupa e ler a composição do queijo industrial?

Pensando em uma alimentação saudável e sem aditivos químicos prejudiciais a saúde, resolvemos que os nossos produtos seriam o mais isento possível de todo e qualquer produto químico.

Mas isto significa que para conservar os nossos produtos você deverá ter alguns cuidados que estão descritos em nosso site. Um pequeno preço para um grande beneficio proposto.

É hora de nos questionar se compensa estarmos ingerindo tanta química.

Notaram a recente explosão de pessoas com intolerância a lactose?

A lactose é o principal alimento dos fermentos lácteos ou lactococcus, organismos vivos que promovem a nossa saúde. Para uma flora intestinal saudável deve haver trilhões.

Por sua vez a flora intestinal tem papel fundamental para a saúde e bom funcionamento do nosso sistema imunológico.

O premio nobel de medicina deste ano foi para os imunologistas James P Allison, dos Estados Unidos, e Tasuku Honjo, do Japão que estabeleceram um princípio completamente novo no campo da oncologia e permitem aproveitar a habilidade do sistema imunológico para atacar as células cancerígenas.

Mas se estamos ingerimos tantos conservantes, detergentes, antibióticos, bacteristáricos, etc., o que será que está acontecendo com a nossa flora intestinal?

Reflita.

Saúde a todos.

24 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo